Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Projeto do IBICT discute Arranjos Produtivos Locais (APLs) de origem mineral
Início do conteúdo da página
Quinta, 24 Janeiro 2019 15:12

Projeto do IBICT discute Arranjos Produtivos Locais (APLs) de origem mineral

Projeto do IBICT discute Arranjos Produtivos Locais (APLs) de origem mineral Daniela Cunha

Nesta quarta-feira (23/01), ocorreu no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) a quarta videoconferência sobre o projeto Planejamento de Longo Prazo pelo Processo Prospectivo para o Desenvolvimento Sustentável do Arranjo Produtivo de Gemas, Joias e Artesanato Mineral de Cristalina, Goiás, com base em banco de dados – IBICT/MCTIC/AAC e parceiros.

Segundo o coordenador do projeto, Tiago Braga, do IBICT, o projeto é a definição de planejamento de longo prazo para os Arranjos Produtivos Locais (APLs) de origem mineral. “O projeto é novo e em parceria com o APL de Cristalina, junto com o Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o IBICT e professores da USP. Nós estamos começando o estudo agora e a ideia é que ele finalize em dois anos. Faremos oficinas, workshops, assim como ofereceremos cursos e realizaremos o planejamento em conjunto”, ressaltou.

Na ocasião, de acordo com Roosevelt Tomé, do IBICT, durante a reunião foram discutidas questões como a estrutura de governança do planejamento de longo prazo, usuários, definição de cronograma físico de execução do projeto; curso de Planejamento de Longo Prazo pelos Processos Prospectivos e Construção de Cenários; retrospectiva (formulários) e banco de dados; além do Seminário de apresentação de Cenários Globais, Plano de ações e Cronograma para desenvolvimento sustentável do APL, entre outros pontos.

A reunião contou com a presença de Elzivir Guerra e Tássia Arraes, da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) do MCTIC; Tiago Braga e Roosevelt Tomé, do IBICT; Antonio Aulicino, da USP; Willian Francisco Silto, da Associação dos Artesãos de Cristalina (AAC).

 

Núcleo de Comunicação Social do IBICT

 

Fim do conteúdo da página