Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Mostrando itens por marcador: ppgci
Início do conteúdo da página

No período de 18/11/2019 a 13/12/2019, estarão abertas as inscrições para o processo de credenciamento e recredenciamento de docentes nas categorias Permanente, Colaborador e Visitante, para o Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI), desenvolvido por meio de convênio entre o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Conforme especifica o edital, os 28 docentes selecionados atuarão no quadriênio de 2020 a 2024. A iniciativa, que é foco da política de autoavaliação permanente do PPGCI IBICT UFRJ, está relacionada aos atos de credenciamento e recredenciamento do Programa. A política segue os parâmetros da Ficha de Avaliação do Comitê da Área Comunicação e Informação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), respeitando o equilíbrio entre 70% (para docentes permanentes) e 30% (para docentes colaboradores).

“A relevância do edital está ligada à política de transparência dos processos de coformação, desenvolvimento, acompanhamento e avaliação das práticas docentes e de pesquisa dentro do PPGCI IBICT/UFRJ”, explica Gustavo Saldanha, pesquisador titular da Coordenação de Ensino e Pesquisa, Ciência e Tecnologia da Informação do Ibict (COEPE).

A avaliação dos candidatos inscritos será realizada por um comitê científico ad hoc constituído por docentes permanentes da atual composição do PPGCI e por integrante(s) externo(s). Entre os itens avaliados estão o currículo Lattes do docente candidato com produções entre 2017 e 2019, o quadro de publicações relevantes, o projeto de pesquisa, além de dados de impacto na sociedade, entre outros.

Poderão candidatar-se ao credenciamento e recredenciamento no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação docentes ou pesquisadores integrantes do quadro ativo da carreira do magistério superior em regime de trabalho de dedicação exclusiva ou de 40 horas semanais na Universidade Federal do Rio de Janeiro, portadores de título de Doutor obtido no país ou no exterior e devidamente revalidado, ou portadores de notório saber ou livre docência nos casos reconhecidos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Desde que autorizados pela Comissão Deliberativa do Programa e sem que isso venha a estabelecer vínculo funcional com a Universidade Federal do Rio de Janeiro ou alterar o vínculo funcional previamente existente, poderão compor o corpo docente do Programa portadores do título de Doutor ou equivalente em variadas condições (consultar o edital para saber mais).

Para mais informações, acesse o edital clicando aqui.


Texto: Patrícia Osandón
Núcleo de Comunicação Social

Publicado em Notícias

A 20a edição do Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (Enancib), principal evento da área no Brasil, aconteceu entre os dias 21 e 25 de outubro, em Florianópolis (SC).

O Enancib recebeu a submissão de mais de 30 trabalhos realizados por pesquisadores de várias áreas do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict).

Um dos destaques do evento foi a participação do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI), desenvolvido por meio de convênio entre a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ e o Ibict.

A tese “Abertura e compartilhamento de dados para pesquisa nas situações de emergência em saúde pública: o caso do vírus Zika”, defendida por Vanessa de Arruda Jorge e orientada por Sarita Albagli recebeu a outorga do segundo lugar do Prêmio ANCIB de Dissertações de Doutorado, edição 2019.

A comunicação “A invenção da Ciência da Informação segundo Nicolas Roubakine (Rubakin)”, de Gustavo Saldanha, conquistou o primeiro lugar nos melhores trabalhos do GT1 (Estudos Históricos e Epistemológicos da Ciência da Informação).

O Ibict também se destacou no GT1 com a o trabalho “Informação, política e poder: 20 anos do conceito de regime de informação em Maria Nélida González de Gómez”, de Thiara dos Santos Alves, orientada por Arthur Coelho Bezerra.

A comunicação “Biblioteconomia negra brasileira: caminhos, lutas e transformação”, de Franciéle Carneiro Garcês da Silva, orientado por Gustavo Saldanha conquistou o primeiro lugar do GT6 (Informação, Educação e Trabalho).

Ibict: tradição em pesquisa

O professor Gustavo Saldanha, pesquisador titular da Coordenação de Ensino e Pesquisa, Ciência e Tecnologia da Informação do Ibict (COEPE) comemorou o resultado. “As premiações deste ano no Enancib, somada ao prêmio Capes 2019 de melhor tese na área Comunicação e Informação, demonstram a pujança e a qualidade da pesquisa do Programa em curso”.

Segundo o professor, o programa de pós-graduação do Ibict no Rio de Janeiro vem se reestruturando ao longo da década de 2010, com foco na qualidade da produção científica, na reconstituição de um corpo docente interdisciplinar e atento às transformações sociais e tecnológicas do mundo contemporâneo, na formação rigorosa de seus discentes e no impacto social de sua pesquisa.

“Hoje temos uma produção científica histórica e contemporânea reconhecida nacional e internacionalmente. Do ponto de vista histórico, temos uma parcela considerável de autorias e de trabalhos mais citados no território nacional em Ciência da Informação. No contexto atual, superamos a média de dois trabalhos científicos premiados por ano na década”, avalia Saldanha.  

Enancib 2020

Em 2020, o Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do Ibict comemora 50 anos. Para celebrar a data, o Enancib 2020 acontecerá no Rio de Janeiro (RJ). Para mais informações, acesse o site: http://ci50anos.ibict.br

 

Texto: Carolina Cunha
Núcleo de Comunicação Social

 

Publicado em Notícias
Fim do conteúdo da página
Debug de template
Prefixo de posicoes de modulo: com_k2-itemlist
ID Item de menu ativo: 416
LINK Item de menu ativo: index.php?option=com_k2&view=itemlist&layout=category&task=category&id=7