Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Representantes do Ibict são recebidos por referência mundial em indicadores altmétricos
Início do conteúdo da página
Quinta, 12 Setembro 2019 19:16

Representantes do Ibict são recebidos por referência mundial em indicadores altmétricos

Diego José Macêdo, Janinne Barcelos e Natalia Madjarevic Diego José Macêdo, Janinne Barcelos e Natalia Madjarevic

Na manhã desta quinta-feira (12), um tecnólogo e uma pesquisadora do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) foram recebidos na sede da Altmetric.com, em Londres, Reino Unido. A visita teve como objetivo apresentar à empresa britânica o trabalho desenvolvido pelo Ibict  na área de altmetria e discutir a ampliação do uso dessas métricas no Brasil. Referência mundial em cobertura de indicadores altmétricos, a Altmetric.com demonstrou interesse na inclusão de periódicos em língua portuguesa na sua base de indicadores.

Diego Macedo, tecnologista do Ibict, e Janinne Barcelos, bolsista do Instituto e pesquisadora em altmetria na Universidade de Brasília (UnB), foram recepcionados por Stacy Konkiel, diretora de relações de pesquisa e dimensões altmétricas, e por Natalia Madjarevic, diretora de operações de clientes. Durante a conversa, os representantes do Ibict explicaram que o desenvolvimento da altmetria no contexto brasileiro é imprescindível para o debate em torno de ciência e tecnologia, visto que oportuniza a compreensão dos diferentes impactos do financiamento público da pesquisa no Brasil.      

Ao final do encontro, Stacy Konkiel expressou o interesse da empresa em estender o trabalho desenvolvido pelo Altmetric.com para a América do Sul por meio de uma possível parceria com o Ibict. “Por acreditar que as altmetrias podem se tornar um grande ganho para avaliação dos impactos da pesquisa, apostamos na possibilidade de estabelecer novas parcerias com países da América do Sul, incluindo o Brasil. Nossa intenção é ampliar a cobertura da base, incluindo novas fontes não só em espanhol como também em português”, pontuou a representante do Altmetric.com.

Para Diego Macedo, a prospecção de novas parcerias por parte do Instituto é essencial. O tecnologista também enxerga o desenvolvimento da altmetria no Brasil como imprescindível  para fazer avançar o debate sobre o impacto social da ciência. “Oportunidades assim reforçam cada vez mais o papel do IBICT na articulação de novas parcerias com instituições internacionais, especialmente quando se trata de viabilizar a produção de novos indicadores sobre a percepção da ciência pela sociedade”, defende o tecnólogo.

Janinne Barcelos concorda com Macedo e Konkiel que a pesquisa em altmetria se traduz em uma oportunidade valiosa: “A altmetria traz para os pesquisadores da Ciência da Informação e demais campos uma nova gama de indicadores e múltiplas possibilidades para analisar o que a sociedade tem falado sobre as pesquisas publicadas. Então essa é uma ótima oportunidade para avaliar o impacto social da pesquisa brasileira, principalmente quando sabemos que grande parte das pesquisas são feitas por meio de financiamento público”.

O que é altmetria

Altmetria são as métricas e dados qualitativos complementares às métricas tradicionais baseadas em citações, visto que dizem respeito à recepção das pesquisas pelo público em geral, e não somente entre cientistas. Com base de pesquisa na web, pesquisas altmétricas podem indicar com qual frequência artigos e outras publicações acadêmicas são discutidas e usadas ao redor do mundo. Por isso, elas foram incorporadas a sites de pesquisa, além de repositórios institucionais e periódicos online.

Justamente por serem capazes de indicar a influência de diferentes pesquisas em determinados contextos, as altmetrias medem as formas de impacto da ciência. Esse impacto, por sua vez, adota uma perspectiva social quando diz respeito a como o público reage às publicações, e auxilia a comunidade acadêmica a compreender os impactos da ciência no Brasil, considerando que, em nosso país, ela é desenvolvida majoritariamente com financiamento público

Mariana Lozzi

Coordenação de Articulação, Geração e Aplicação de Tecnologia (COTEC)

 

Última modificação em Sexta, 13 Setembro 2019 15:13
Fim do conteúdo da página