Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Instituições governamentais marcam presença no SISPUB 2019
Início do conteúdo da página
Sexta, 19 Julho 2019 18:42

Instituições governamentais marcam presença no SISPUB 2019

Desenvolver e comunicar a ciência com responsabilidade social e compromisso público não é uma tarefa restrita às universidades. No cenário internacional, as instituições governamentais estão cada vez mais cientes sobre a importância da manipulação otimizada dos dados e da comunicação aberta de suas pesquisas, tanto para os pares quanto para o público geral.

De olho nessa tendência, o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) tem apostado em projetos e inciativas que propõem a convergência de sistemas de coleta, publicação, editoração e divulgação de dados e resultados de pesquisa em todas as esferas governamentais.

O interesse do setor público na comunicação de pesquisas movimentou o Encontro de Usuários de Sistema de Publicação (SISPUB) – evento realizado pela casa, em parceria com Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) durante toda esta semana.

Para o Dr. Danilo Avelar, do Ministério da Saúde, o evento foi uma excelente oportunidade para trocar conhecimentos sobre o ecossistema de publicações, não só dentro da academia, como também nas outras instituições públicas que participam do cenário científico nacional e internacional.

Como salienta Avelar, “no setor público brasileiro ainda não há essa cultura de publicizar o que é feito.  É preciso desenvolver uma consciência de que organizar os dados que são coletados no trabalho diário é de fundamental importância para fomentar questões científicas de diversas áreas e estudos relevantes para toda a população”.

De acordo com Isabela Márcia de Alcântara, representante do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais, é urgente e necessária uma melhoria das produções científicas e a modernização na publicação desses conhecimentos para que os debates ultrapassem os muros institucionais e cheguem até a população.

“Nossa revista, por exemplo, tem muita tradição, ela existe desde 1965. Mas nós percebemos que para melhorar sua qualidade é preciso se valer de várias técnicas e ferramentas e, sobretudo, usar as novas tecnologias ao nosso favor. Foi isso que nos motivou a participar do SISPUB, nós viemos aprender tudo o que há de novo nessa área”- comentou Alcântara.

O evento também contou com a presença de representantes de instituições do Chile e do Uruguai, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), da Embrapa Florestas, do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR) e outras instituições de governo.

O SISPUB 2019, que teve início na última quarta-feira (17), ofereceu palestras realizadas por grandes nomes da Ciência da Informação e diversas oficinas sobre softwares e sistemas voltados para publicação de informação científica, tecnológica, administrativa e governamental. O encerramento, que está agendado para esta tarde, contará com apresentações e discussões de posters.  

Saiba mais sobre o SISPUB 2019 

Janinne Barcelos

Coordenação de Articulação, Geração e Aplicação de Tecnologia (COTEC)

Fim do conteúdo da página