Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Ibict participa da Open Repositories 2020
Início do conteúdo da página
Quinta, 02 Abril 2020 14:22

Ciência Aberta é Vida: Ibict lança diretório sobre coronavírus e COVID-19

Sob o lema "Ciência Aberta é Vida", o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) acaba de lançar o Diretório de Fontes de Informação Científica de Livre Acesso sobre o Coronavírus. O diretório tem o objetivo de reunir as fontes de informações científicas em acesso aberto, tanto nacionais como internacionais, que disponibilizam conteúdos sobre o coronavírus e a COVID-19. O serviço está inserido dentro dos princípios do Ibict de uma atuação comprometida e disseminadora da Ciência Aberta no Brasil.

O diretório disponibiliza artigos científicos já publicados e também preprints (em português pré-publicações), ou seja, um manuscrito de um artigo científico que ainda não foi publicado em uma revista científica. Além disso, o diretório reúne dados de pesquisa, ensaios clínicos, teses, dissertações, relatórios e evidências e outros materiais referentes à produção dos pesquisadores de todo o mundo. A navegação no diretório é feita a partir dos diferentes tipos de fontes levantadas.

Como explica Bianca Amaro, coordenadora-geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Ibict (CGPC), “as ciências nacionais e internacionais têm se unido na disseminação de informações relacionadas à COVID-19, e muitos periódicos, antes com acesso fechado, têm aberto seus sistemas para a troca de informações a respeito. Muitas dessas bases de dados, notadamente em sua grande maioria internacionais, são de propriedade de grandes editoras comerciais, que cobram altos valores pelo seu acesso”.

“O mundo científico está se unindo para encontrar uma solução para a pandemia e, por isso, o acesso e a troca de informações científicas são cruciais. Ao estar em constante prospecção e identificação de fontes científicas em acesso aberto e reuni-las em um diretório, o Ibict facilita aos pesquisadores a busca e ao acesso do que os pesquisadores de todo o mundo estão descobrindo em relação ao tema”, afirma Bianca Amaro.

A coordenadora acrescenta que os pesquisadores geralmente precisam procurar em vários locais as informações que precisam e que, nesse sentido, o diretório concentrará tudo em apenas um local e com acesso aberto. “Ganha-se tempo e vale considerar que tempo é algo precioso para salvar vidas. Além disso, dessa forma, o Ibict demonstra que continua sendo uma instituição promotora do acesso aberto à informação científica no Brasil”, pontua Bianca Amaro.

Bianca Amaro reforça também que a Ciência Aberta evidencia a sua importância em contextos como a pandemia da COVID-19. “Essa crise é a prova de que o conhecimento científico tem que ser, sempre, amplamente disseminado. Esperamos que a pandemia faça o mundo compreender que a ciência é um bem comum, que não pode ter barreiras comerciais de acesso. Os cientistas devem ter ao seu dispor toda informação, fruto de pesquisas já realizadas pelos seus pares”, finaliza.

A partir do princípio de que o diretório é um trabalho colaborativo de identificação e acesso a fontes de informação, o Ibict convida a todos para participarem indicando fontes que, por ventura, ainda não estejam listadas. A indicação de novas fontes pode ser feita por meio do e-mail: diretoriodefontes@ibict.br.

Acesse o Diretório de Fontes de Informação Científica de Livre Acesso sobre o Coronavírus: http://diretoriodefontes.ibict.br/coronavirus.

Sobre Ciência Aberta

A Ciência Aberta é uma prática científica que visa uma transformação no modus operandi da pesquisa científica. Ela pressupõe a abertura de todo o processo científico, que deve ser feito de modo transparente e colaborativo. A Ciência Aberta inclui o compartilhamento dos dados de pesquisa, das publicações, metodologias, ferramentas e softwares utilizados, possibilitando sua reutilização e replicabilidade por outros pesquisadores. Além disso, também inclui o conceito de Ciência Cidadã, em que o engajamento da sociedade no processo científico é valorizado. Assim, pressupõe uma série de mudanças de paradigmas que buscam fazer com que a ciência seja um bem comum à sociedade.

O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia é uma instituição de pesquisa comprometida e disseminadora da Ciência Aberta no Brasil. Neste sentido, ao longo dos anos tem desenvolvido ações, serviços e ferramentas para a organização e compartilhamento dos resultados de pesquisa e, mais recentemente, dos dados científicos.

Texto e arte: Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Última modificação em Quarta, 27 Mai 2020 11:14
Fim do conteúdo da página