Biblioteca Digital - EnglishFórum do IBICT - EnglishInclusão Social - English

Catálogo Coletivo Nacional de Publicações Seriadas- CCN

Sobre o CCN

O CCN (Catálogo Coletivo Nacional de Publicações Seriadas) é um catálogo de acesso público que reúne informações sobre as coleções de publicações seriadas nacionais e estrangeiras disponíveis nas bibliotecas brasileiras. Essas bibliotecas, que compõem a rede CCN, possuem acervos automatizados e atuam de maneira cooperativa sob a coordenação do IBICT.

Os objetivos do catálogo coletivo são difundir, identificar e localizar publicações seriadas existentes no país; estabelecer políticas de aquisição de coleções; padronizar a entrada dos títulos conforme critérios internacionais; promover o intercâmbio entre bibliotecas, por meio do COMUT.

Criado, em 1954, pelo então Instituto Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação (IBBD) constituiu-se, até sua automação em 1968, em um catálogo convencional em fichas, prestando informações in loco, por telefone ou correspondência.

De 1970 a 1978, o sistema automatizado possibilitou a divulgação impressa do CCN por grandes áreas do conhecimento: Ciências Exatas e Tecnologia, Ciências Agrícolas e Veterinárias, Ciências da Saúde e Ciências Sociais e Humanas. Em 1978, devido ao crescimento constante de novos títulos e acrescido do inter-relacionamento entre as áreas do conhecimento, o IBICT optou pela divulgação do CCN em microfichas reunindo todas as áreas.

Em 1983, o IBICT iniciou o desenvolvimento do Sistema Integrado de Publicações Seriadas (SIPS). Desenvolvido em formato compatível com o International Serials Data System (ISDS), permitiu a otimização do processamento e maior flexibilidade no tratamento, armazenamento e intercâmbio de dados sob a forma de fita magnética.

Em 1989, foi elaborado um estudo comparativo entre a norma de transcrição de dados de coleções usada no CCN e a norma NISO Z39. 44, da National Information Standards Organization. A contribuição do estudo resultou na ampliação da norma existente, propiciando a incorporação de características relevantes para catálogos coletivos.