Banner ACVCarinianaOasisbrManifesto

Canal Ciência

Sobre o Canal Ciência

 

O Canal Ciência é um serviço de divulgação científica do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict). Entre os pioneiros em fazer, na internet, a ponte entre ciência e tecnologia e a sociedade, o portal Canal Ciência promove, desde 2002, sua missão precípua de difundir o saber e valorizar a atividade científica no Brasil por meio da veiculação de textos sobre as pesquisas desenvolvidas nas instituições de ensino e pesquisa nacionais, em linguagem acessível, de fácil leitura e compreensão.

Além de divulgar pesquisas em linguagem não especializada – cujos textos são elaborados pela equipe do Canal Ciência em parceria com pesquisadores – o Portal reúne um conjunto de seções nas quais disponibiliza material de apoio educacional e veicula iniciativas, produtos e serviços virtuais de informação em educação e divulgação científicas de instituições acadêmicas, centros de ensino e pesquisa, organizações da sociedade civil e blogues científicos, sendo também instrumento de apoio à educação científica.

Em 2004, durante a primeira edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – promovida pelo Departamento de Popularização e Difusão da Ciência, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações –, o Canal Ciência deu início a atividades presenciais de popularização da ciência. Por meio de oficinas de trabalho direcionadas a alunos e professores dos ensinos médio e fundamental, a divulgação científica tem sido, desde de então, atrelada à competência em informação (ou alfabetização informacional) direcionada ao uso crítico-reflexivo da informação em ciência e tecnologia, que se encontra na rede virtual mundial. Essas ações educativas nasceram de um processo natural, decorrente da revolução digital e da popularização da internet nas escolas, uma vez que professores, constantemente, queixavam-se de que seus alunos não sabiam buscar a informação na rede virtual e se valiam livremente do recurso do copia e cola para realizar e apresentar seus trabalhos escolares. Assim, as oficinas e palestras de divulgação científica trataram de atender aos educadores, que se mostravam inseguros diante dos rápidos avanços das novas tecnologias de informação e comunicação, e preocupados com a banalização dos valores éticos e morais intrínsecos à busca e utilização de informações disponíveis na internet.

Entre 2004 e 2014, pelo menos 6 mil pessoas participaram das atividades presenciais de cunho informacional, educativo e interativo promovidas pelo Canal Ciência na forma oficinas e palestras, que reuniram educadores e estudantes, inclusive de áreas rurais carentes. Em 2014, a atividade presencial foi reformulada. Durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), foi lançada a cartilha ‘Internet: navegação e informação’. Desde então, a equipe do Portal tem intensificado a sua presença em escolas públicas e particulares do Distrito Federal. Oficinas específicas são dirigidas para professores e alunos dos ensinos fundamental II e médio, as quais mostraram a dimensão da informação divulgada no Portal e na internet e como essa informação pode tornar-se conhecimento, conscientizando a comunidade escolar a buscar informações em fontes confiáveis e fazendo as devidas referências bibliográficas ao elaborar trabalhos de pesquisa escolares. Foram realizadas mais de 50 oficinas em escolas do Distrito Federal e capacitados cerca de 2 mil estudantes e professores - inclusive estudantes de cursos de licenciatura e mestrado em educação -, com os quais foram trabalhadas as etapas de uma busca eficaz, ética e crítica-reflexiva de informação na internet, atentando-se para a possibilidade de transformar uma simples pesquisa em conhecimento, valorizando percepções e memórias e libertando o pensamento para uso e construção do saber.

As ações virtuais e presenciais do Portal exploram o frutífero cenário da informação científica no país e buscam unir ciência e sociedade, valorizando a informação em ciência e tecnologia, arte e cultura em sintonia com os princípios da aprendizagem informacional. A divulgação da ciência promovida pelo Canal Ciência tem assumido as mais variadas formas e cores para levar o conhecimento científico à diferentes públicos. Desde março de 2012, o Canal Ciência tem participado das redes sociais virtuais. Em 2013, o Canal Ciência publicou o ‘Vocabulário Ambiental Infantojuvenil’. Em 2015, o ‘Livro Vermelho das Crianças”. Os livros não são comercializados e estão disponíveis em formato eletrônico no Portal Livro Aberto. O objetivo dessas publicações é despertar o interesse pela temática ambiental nas crianças, associando o lúdico e a literatura à divulgação científica. Os livros infantojuvenis são valiosos parceiros da divulgação científica pois oferecem informação e conhecimento, influenciando a conscientização do leitor sobre temáticas de relevante interesse da sociedade.