Novembro azulBanner ACVOasisbrManifesto

Sala de Imprensa

Seminário Ferramentas e Práticas em Humanidades Digitais

 

O primeiro Seminário Ferramentas e Práticas em Humanidades Digitais, iniciado no dia 29/10, na Coordenação de Ensino e Pesquisa, Ciência e Tecnologia da Informação (COEPE)/IBICT, no Rio de Janeiro, prossegue até esta quarta-feira com extensa programação. O evento é realizado pelo Laboratório em Rede de Humanidades Digitais (LARHUD), coordenado pelo pesquisador do IBICT e professor do Programa de pós-graduação em Ciência da Informação Ricardo M. Pimenta.

A proposta do seminário é discutir a aplicabilidade e viabilidade de ferramentas digitais (softwares, códigos, scripts e plataformas) como recursos metodológicos para a pesquisa nas ciências humanas, sociais e sociais aplicadas (Humanidades).

Para Ricardo Pimenta, o digital como objeto de pesquisa, recurso metodológico ou produto final da pesquisa está indubitavelmente mais e mais presente no dia a dia das pesquisas. “Aprender a programar e compreender o uso de ferramentas mais complexas da computação para a pesquisa realizada por humanistas digitais se torna um desafio para a formação, comunicação e divulgação científicas nessa comunidade”, salientou o pesquisador.

No contexto das Humanidades Digitais, o seminário conta com os seguintes palestrantes e temas:

Marcelo Fornazin (UFF) - professor do instituto de computação da UFF e professor do programa de pós-graduação em C.I. do IBICT/UFRJ. Ele apresenta o passo a passo do processo de coleta em bases de dados diversas seguida por análise com a ferramenta Cortext - uma ferramenta de visualização e análise de dados totalmente on-line.

Josir Cardoso Gomes (PPGCI/IBICT-UFRJ) - analista de dados, doutorando do PPGCI/IBICT-UFRJ e pesquisador do LARHUD. Docente responsável por três edições de curso de Python para cientistas das humanidades, todos realizados pelo LARHUD, apresentou a palestra aplicação de python para dados abertos. O interesse central foi discutir como e onde há dados disponíveis, com base na Lei da Transparência e de Acesso à Informação, de órgãos brasileiros e seu potencial enquanto fontes para a pesquisa em humanidades por meio da linguagem de programação Python

Fernando Guimarães Ferreira (TWIST;  INFNET) - cofundador da Twist System e professor do INFNET/RJ, sua palestra contou com a apresentação dos conceitos, seguidos de estudo de casos em machine learning, Data Science e Data visualization como recursos preciosos para o mercado, para a comunicação e para a fundamentação de pesquisas diversas da extensa área das humanidades.

Fabio Gouveia (FIOCRUZ) -  tecnologista em Saúde pública e professor do PPGCI/IBICT-UFRJ, trata em sua palestra sobre a ferramenta VOSVIEWER, muito usada para estudos e análises bibliométricas. Busca, por meio da análise e investigação no campo da comunicação científica, prospectar tendências e demais questões relacionadas à informação científica e à produção acadêmica.

Mesa redonda -  Humanidades Digitais em Foco: Iniciativas e Experiência

O objetivo da mesa, que abriu o seminário, foi o de apresentar o que são humanidades digitais e quais as questões de ordem teórico-conceituais que permeiam seu campo.

A seguir, os integrantes:

Jair Martins Miranda (UNIRIO) -  em sua palestra apresentou o balanço do primeiro congresso internacional em humanidades digitais realizado no Brasil

Gimena del Rio Riande (IIBICRIT - Instituto de Investigaciones Bibliográficas y Crítica Textual). Trouxe aos presentes uma reflexão sobre a epistemologia do campo das humanidades digitais e sua complexidade em face de questões relacionadas ao uso de tecnologia, de ferramentas, enquanto uma nova forma de se pensar método nas pesquisas em humanidades.

Renato de Souza Rocha (FGV) -  falou sobre a aproximação do cientista das humanidades com o currículo da computação e da matemática. Ele apontou a necessidade de se pensar possibilidades de uma formação mais transversal, mais interdisciplinar. O mediador foi Ricardo Medeiros Pimenta (IBICT)

Mesa redonda -  Perspectivas de Dados sobre Política, Sociedade e Conhecimento

O objetivo dessa mesa, que fecha o seminário, foi discutir o uso de dados na pesquisa em ciências humanas, sociais e sociais aplicadas e a necessidade de buscar meios de preservação e recuperação desses dados para poder citá-los, referenciá-los nas pesquisas de humanidades.

Os integrantes dessa mesa:

Marcia Teixeira Cavalcanti (USU);

Luana Sales (IBICT);

Tiago Braga (IBICT);

mediador: Ricardo Medeiros Pimenta (IBICT).

 

Núcleo de Comunicação Social do IBICT

Coordenação de Ensino e Pesquisa, Ciência e Tecnologia da Informação (COEPE)/IBICT

Créditos da imagem: Coordenação de Ensino e Pesquisa, Ciência e Tecnologia da Informação (COEPE)/IBICT

Data da Notícia: 31/10/2018 12:10