Banner ACVCarinianaOasisbrManifesto

Sala de Imprensa

Missão reforça importância do intercâmbio de informações em CT&I entre União Europeia e Brasil

Missão reforça importância do intercâmbio de informações em CT&I entre União Europeia e Brasil

Missão de cooperação técnica em Portugal

 

Os encontros, que aconteceram em Lisboa, Porto e Braga, reuniram especialistas brasileiros e europeus para uma cooperação técnica que permitirá ao Brasil estabelecer um ecossistema compartilhado de informação em Ciência e Tecnologia

Especialistas brasileiros e portugueses se encontraram entre os dias 13 e 17 de novembro, nas cidades de Lisboa, Porto e Braga, para uma missão de cooperação técnica, que teve como finalidade aproximar o Brasil dos padrões internacionais de interoperabilidade, com vistas à formatação de um ecossistema de informação de pesquisa em Ciência e Tecnologia. Isto ocorreu por meio de um projeto que visa reforçar a importância da integração de informações e dados de pesquisa, tais como programas, projetos, instituições, publicações, grupos de pesquisa, laboratórios, fontes de financiamento da pesquisa, entre outras.

A missão, que contou com a colaboração da Iniciativa de Apoio aos Diálogos Setoriais União Europeia – Brasil, teve o papel de formatar um projeto-piloto brasileiro em conjunto com a Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (FAPEAL), para permitir uma experimentação prática das ferramentas e dos padrões internacionais, possibilitando apoiar a especificação da arquitetura de um ecossistema nacional. O projeto em desenvolvimento no Brasil, que recebe o nome de BRCRIS (acrônimo em inglês de Current Research Information System), está sob a responsabilidade do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), que há cerca de 2 anos vem realizando pesquisas nessa direção. O projeto piloto, financiado com recursos dos Diálogos Setoriais, é coordenado por Cecília Leite, diretora do IBICT.

A versão portuguesa do projeto, o PT-CRIS, foi a base para o desenvolvimento da versão brasileira. “O projeto PT-CRIS possui um alinhamento com guidelines e protocolos internacionais, e traz uma visão que permite se encaixar perfeitamente ao que o Brasil terá que desenvolver. É um exemplo prático que permite ao país utilizá-lo como referência”, afirma o especialista José Carvalho, responsável pela condução do projeto nos Serviços de Documentação da Universidade do Minho (SDUM)".

Para a Coordenadora Científica do BRCRIS, Maria de Nazaré Freitas Pereira, consultora do IBICT, “o projeto financiado pelos Diálogos Setoriais é de grande relevância, não apenas pelos recursos dedicados para estruturá-lo, mas principalmente pela chancela e parceria da União Europeia, que possibilitam consolidar conhecimentos integrados em Tecnologia e Ciência da Informação, fato que o que o torna único”.

A equipe de especialistas da missão foi composta, do lado de Portugal, pelos técnicos José Carvalho e Pedro Príncipe, da Universidade do Minho (SDUM), João Moreira, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), professora Lígia Maria Ribeiro, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, e, do lado do Brasil, por Paulo Henrique de Assis Santana, Coordenador de Informação e Estudos Internacionais no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Tainá Batista de Assis, responsável pela Coordenação de Atendimento à Comunidade (COMUM), do IBICT, e Kleber Alcanfor, perito do projeto Diálogos Setoriais/IBICT.

Esta cooperação teve início durante a Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto (ConfOA), cuja 8ª edição aconteceu em outubro passado, na cidade do Rio de Janeiro, que reuniu pesquisadores do Brasil, de Portugal e de outros países lusófonos para discussões recentes sobre o tema. O projeto financiado pelos Diálogos Setoriais se encerrará com a criação do projeto-piloto, em conjunto com a FAPEAL, e a consolidação da cooperação Brasil-União Europeia para a continuidade da construção do BRCRIS.

Fonte: Diálogos União Europeia - Brasil

Data da Notícia: 29/11/2017 14:40