Banner ACVCarinianaOasisbrManifesto

Sala de Imprensa

IBICT e Embaixada do Mali tratam de cooperação nas áreas de C,T&I

IBICT e Embaixada do Mali tratam de cooperação nas áreas de C,T&I

IBICT e Embaixada do Mali se reúnem em Brasília

 

Assuntos relacionados ao intercâmbio de conhecimentos nas áreas de ciência, tecnologia e inovação entre Brasil e Mali pontuaram a conversa, nesta terça-feira (1º), em Brasília, entre a diretora do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), Cecília Leite, e o embaixador do país africano, Mamadou Macki Traoré.

O encontro reuniu coordenadores do instituto e outros membros da embaixada de Mali, que foram apresentados aos produtos e serviços do IBICT. Segundo a diretora, foi iniciado um diálogo sobre futura parceria na área de divulgação científica e tecnológica. “Esse primeiro contato foi bastante promissor. Eles ficaram interessados por mais informações sobre os serviços desenvolvidos pelo instituto. O embaixador irá trazer um grupo maior, com profissionais de diferentes áreas, para analisar as ações do IBICT, além disso, discutiremos a possibilidade de um grupo do IBICT ir até Mali para estudar estratégias de atuação do instituto naquele país”, explicou Cecília.

De acordo com o embaixador, as ações do IBICT são de grande relevância e podem ser replicadas em diversas partes do mundo. “Iremos discutir questões estruturais e verificar a possibilidade de o instituto nos ajudar no trabalho de divulgação científica e tecnológica, algo que o IBICT tem expertise há décadas”, disse Traoré, que já tinha certo conhecimento das ações do instituto em outros países de língua portuguesa.

Para Arthur Costa, coordenador-geral de Novos Produtos do IBICT, a ideia inicial é trabalhar com o embaixador de Mali para que ele seja o ponto focal para uma união entre os países francofônicos, em que o instituto possa atuar com eles, desenvolvendo um trabalho semelhante ao realizado com os países de língua portuguesa. “A coordenadora-geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do IBICT, Lillian Alvares, despertou durante a reunião a ideia de começarmos a trabalhar na construção de repositórios de língua francesa”.

Segundo Lillian, esta cooperação poderá promover a divulgação científica e tecnológica do Mali, algo em que o governo do país está investindo. “Serviços do IBICT, como a revista Ciência da Informação, a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, o Canal Ciência e o Programa de Avaliação do Ciclo de Vida poderão servir de modelo para as futuras ações do Mali, na área de popularização das áreas de C, T&I”.

 

Victor Almeida

Núcleo de Comunicação Social do IBICT

Créditos da imagem: Daniela Cunha

Data da Notícia: 01/08/2017 17:30